Ele Já Foi Meu Pai Só Que Em Outras Vidas

Aluguel Computadores Tecmologia

Ele Já Foi Meu Pai Só Que Em Outras Vidas

Já Foi Meu Pai Só Que. A ciência não tem uma resposta definitiva para esta pergunta, mas estudos que se baseiam na Física Quântica têm avançado em pesquisas envolvendo crianças que dizem se lembrar de vidas passadas.

Ele Já Foi Meu Pai Só Que Em Outras Vidas

É com uma frase solta em meio a uma conversa ou com pesadelos à noite que esses pequenos revelam pistas sobre vidas que, supostamente, costumavam ter.

Segundo ele, 70% das crianças que apresentam alguma suposta memória de vida anterior trazem a lembrança de uma morte violenta, sendo 73% deles garotos

– nas estatísticas de mortes reais, a morte por causas violentas tem os homens como vítimas em cerca de 70% das vezes.

Ainda de acordo com suas pesquisas, as crianças que apresentam esse tipo de memória têm entre 2 e 6 anos e 20% delas carregam marcas de nascença ou deformidades que se aproximam do local do ferimento da morte.

Mas há essa evidência aqui que precisa ser levada em conta, e quando nós olhamos para esses casos com cuidado, essas memórias não raro fazem sentido.

 Ryan ou Martin Marty?

As histórias contadas pelo norte-americano Ryan não raro envolvem estrelas de Hollywood como Rita Hayworth e Mae West, férias em Paris, musicais na Broadway e um trabalho curioso, em que pessoas mudam de nome.

Nada disso seria tão surpreendente se não fosse por um mero detalhe:

Ryan é um garoto de 10anos que vive com seus pais na pequena cidade de Muskogee, Oklahoma (EUA).

Aos 4 anos de idade, Ryan começou a ter pesadelos frequentes.

Ao acordar com o coração palpitando, chorava para sua mãe, Cyndi, e implorava para ir a Hollywood – a mais de 2 mil km de distância de onde

moram. Junto aos pedidos, histórias incrivelmente detalhadas sobre a vida nos anos 40 e 50 intrigaram a mãe, que a princípio julgou se tratar pura e simplesmente da fértil imaginação infantil.

Certo dia, Ryan chegou até ela e disse, bastante sério: “Mãe, eu tenho algo que preciso te contar.

Eu costumava ser outra pessoa”.

Cyndi e seu marido são batistas e não acreditam na possibilidade de reencarnação.

Contudo, a vivacidade dos fatos relatados por Ryan foi tamanha que ela decidiu pesquisar informações sobre o período relatado por ele.

Enquanto folheava alguns livros com filmes antigos, Ryan apontou para um figurante do filme “Night After Night”, estrelado em 1932 por Mae West, e afirmou: “este sou eu”.

Era o começo de uma jornada inquietante rumo a uma vida passada.

Ao assistir ao filme, perceberam que o homem não dizia nem uma palavra, era realmente um simples figurante, que descobriram se chamar Marty Martin.

Pesquisas mostraram que Martin chegou a tentar alguns papéis em Hollywood, mas acabou se transformando em um influente agente, transformando pessoas comuns em artistas – e, eventualmente, mudando seus nomes.

Perplexa com a possibilidade de ligação entre essas vidas, Cyndi decidiu buscar ajuda – estaria ela e Ryan ficando loucos ou realmente isso era possível?

Ao começar a estudar o caso de Ryan, o Dr. Jim Tucker ficou impressionado com a clareza dos detalhes mencionados.

“Se você olha para a foto de um cara sem falas em um filme e me fala sobre a sua vida, eu não acho que muitos de nós acertaríamos sobre a vida de Marty Martin.

No entanto, Ryan trouxe vários detalhes que realmente batem com a vida dele”, explicou o estudioso em entrevista ao Today.

Ryan afirmava ter vivido em Hollywood, em uma rua que continha a palavra “rock” (pedra, em inglês).

Ao realizar pesquisas sobre a vida do agente, Dr. Tucker descobriu que ele morava na rua North Roxbury Dr., em Bervely Hills – “rox” tem a mesma pronúncia de “rocks”.

Ryan sabia também quantas vezes Martin havia sido casado, quantas irmãs ele tinha e a idade com que ele morreu.

Lembranças sobre festas, atrizes e a glamorosa vida na Hollywood dos anos 40 e 50 também não são poucas.

As duas últimas informações foram ainda mais surpreendentes.

Ao entrar em contato com a única filha de Martin, Dr. Tucker descobriu que nem mesmo ela sabia ter duas tias, embora documentos provem a existência de duas irmãs.

No caso da idade, a certidão de óbito marca 59 e não 61 anos. Antes de pensar ter encontrado uma falha na memória de Ryan, o psicólogo foi atrás

de mais documentações e descobriu que Martin nascera em 1903 e não em 1905, como consta na certidão.

O agente morreu aos 61 anos, assim como afirmou o garoto.

À medida que fica mais velho, Ryan conta que as memórias vão ficando mais fracas e Dr. Tucker aproveita esse tempo para tentar entender como essas lembranças foram parar lá.

https://amzn.to/3ctxtxp

Mapa Astral Completo Com Missão de Alma

Finalmente, O maior e mais completo de todos os Mapas: a Leitura Oracular de Missão de Alma.  

ACESSE


Espiritualidade da Abundância

RECEBA NOSSO E-BOOK

ACESSE 


Meditação para a vida cotidiana

A meditação é um processo que permite que você está a reformar sua mente. Você pode orientar a sua mente e corpo para relaxamento; reformar o seu pensamento, etc.

ACESSE

                                     —————————————————

RECEBA NOSSO E-BOOK

Como Derrotar a Ansiedade

ACESSE

RECEBA NOSSO E-BOOK

            Alimentos Caseiros Para Animais

ACESSE

——————————————

RECEBA NOSSO E-BOOK

Adestramento Fácil de Cães

                                                            ACESSE

                                       ———————————————–

RECEBA NOSSO E-BOOK

Amor em Abundância

ACESSE

 

RECEBA NOSSO E-BOOK

SUPERANDO A INSÔNIA

ACESSE

 

RECEBA NOSSO E-BOOK

ATAQUE DE ANSIEDADE E PÂNICO

ACESSE

 

LIVROS MAIS VENDIDOS NA AMAZON

ACESSE

 

MAIS VENDIDO NA AMAZON INFORMÁTICA 

ACESSE

 

MAIS VENDIDO PARA CASA NA AMAZON

ACESSE

Facebook Comments