5 segredos por trás de pessoas que sofrem de Ansiedade

Aluguel Computadores Tecmologia

5 segredos por trás de pessoas que sofrem de Ansiedade

Sofrer de ansiedade implica, além de sentir todos os sintomas bastante desagradáveis ​​que a acompanham, enfrentar certos fatos que muitos

preferem esconder, antes de serem destemidos, principalmente para não

serem rejeitados, não serem rotulados como doentes mentais ou considerá-los incapazes ou impróprios. para certas coisas.

Entre as coisas que as pessoas com ansiedade costumam esconder estão:

Eles raramente se sentem muito bem:

Sua mente está praticamente permanentemente em uma guerra, pensando em tudo o que pode acontecer, o quanto eles passam por isso com sintomas desagradáveis ​​que muitas vezes não mencionam outros.

Eles param de fazer muitas coisas por medo de desencadear um quadro de ansiedade:

As pessoas que sofrem de ansiedade podem limitar suas vidas a tal ponto que deixam de fora atividades que, em sua mente, representam um risco.

Eles podem entrar em colapso pelas coisas mais simples:

Normalmente eles estão física e mentalmente exaustos, uma atividade simples, algum plano básico que parece provocar uma tempestade em suas

mentes. Para quem sofre de ansiedade, tudo pode representar uma verdadeira tempestade, as menores gotas, se vêem como rios espirituosos.

Eles se sentem fracos:

Muitas vezes eles o reconhecem e outras vezes o ocultam.

A maioria das pessoas que sofrem de ansiedade se sente vulnerável, frágil diante de suas próprias mentes.

Eles não podem escapar do que eles sentem ser seu pior inimigo, sua própria mente, e sentindo que não podem controlá-lo, sentem-se fracos, dependentes e sujeitos a algo que consideram até estranho para eles.

Seus medos podem ser irracionais, mas são muito reais:

Quando nossa mente está trabalhando livre de ansiedade ou qualquer

outro distúrbio, imaginar que alguém de outro planeta pode entrar em uma nave e nos sequestrar, pode ser uma possibilidade muito remota para muitos e que esse pensamento pode não ter nenhum efeito, mas se alguém

sofre de ansiedade e é sensível ao sujeito, esse pensamento pode trazer uma reação totalmente desproporcional por parte do observador, mas com a manifestação física de todos os sintomas do medo de dentro.

Não é fácil entender e muito menos ajudar uma pessoa que sofre de ansiedade, mas se fizermos um esforço para nos informar, podemos esclarecer muitas dúvidas.

Não é agradável sofrer de ansiedade, sentir que está à beira da loucura ou da morte, ver como você perde o controle de sua vida e não ter muita idéia de como reverter toda aquela bola de neve que todo dia é feita maior.

Quem sofre de ansiedade é uma pessoa muito forte, todos nós somos, todos somos capazes de enfrentar coisas que nunca tivemos a ideia de que poderíamos fazer.

Mas aqueles que sofrem de ansiedade costumam passar o dia inteiro tentando controlar sua mente, tentando evitar um ataque de pânico, tentando fingir que está tudo bem e até deixando-se levar pelo quão ruim podem se sentir e acompanhando a imagem de ansiedade por uma imagem depressiva.

Felizmente, não podemos viver todos os males que afligem a humanidade, mas podemos ser empáticos e compassivos com todos, buscando ajudar da melhor maneira possível, sem julgar, sem criticar, sem subestimar.

Simplesmente entendendo que cada um carrega o que eles consideram seus males e se não podemos ajudá-los a carregar seus fardos, pelo menos não os fazemos mais pesados.

Quando você souber que alguém sofre de ansiedade, faça o possível para injetá-lo com desejo, para fazê-lo sentir que pode sair disso, que ele não está sozinho …

E se é você quem sofre com isso, tenha em mente que a ansiedade não tenta destruí-lo, apenas que você muda coisas de fundo em sua vida.

Tente não se concentrar nela, mas no que faz você feliz e ela cumprirá sua missão.

Por: Sara Espejo – Rincón del Tibet

RECEBA MOSSA NEWSLETTER

Facebook Comments