O Mundo Quebrou um Recorde de infecção por Coronavírus em um dia

Aluguel Computadores Tecmologia

O Mundo Quebrou um Recorde de infecção por Coronavírus em um dia

A pandemia não está diminuindo a velocidade; está acelerando.

Deseja o melhor do VICE News direto para sua caixa de entrada? Assine aqui.

A Organização Mundial da Saúde anunciou na noite de domingo que mais de 183.000 pessoas haviam testado positivo para coronavírus nas últimas 24 horas, o maior aumento de todos os dias nos casos de COVID-19.

Dois terços dos novos casos vieram da América do Norte e do Sul, que contribuíram com mais de 116.000 infecções confirmadas.

Somente o Brasil viu mais de 50.000 novos casos confirmados naquele período.

Globalmente, mais de 8,9 milhões de pessoas foram infectadas até agora e 468.567 morreram, segundo o rastreador da Universidade Johns Hopkins.

Mas enquanto países como Brasil, Índia e EUA continuam mostrando um grande número de novas infecções diárias, também existem sinais preocupantes de países onde a taxa de crescimento do coronavírus diminuiu significativamente.

Especialistas em saúde pública estão preocupados com surtos na China, Coréia do Sul, Austrália e Alemanha, onde a propagação do COVID-19 diminuiu drasticamente.

A OMS alertou no domingo que “a pandemia ainda está se acelerando” e que derrotá-la requer a cooperação de todo o mundo.

“Não podemos derrotar essa pandemia com um mundo dividido”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, em uma entrevista coletiva virtual organizada pelas autoridades de Dubai no domingo.

“A politização da pandemia a exacerbou. Nenhum de nós está seguro até que todos estejam seguros.

Aqui estão alguns dos países que continuam vendo grandes aumentos de infecções – e alguns que tentam desesperadamente conter novos surtos.

Estados Unidos


Quase metade de todos os estados dos EUA agora está registrando um aumento em novos casos, com picos significativos na Califórnia, Arizona, Texas e Flórida.

Alguns estados ainda estão quebrando recordes em seus casos relatados diariamente, mesmo com as restrições de bloqueio sendo levantadas em todo o país.

Nos estados do sul, as autoridades dizem que grande parte do aumento é explicada por muitos outros jovens com resultados positivos .

Enquanto alguns – incluindo o presidente dos EUA, Donald Trump – disseram que o aumento de casos confirmados é o resultado de mais testes, especialistas em saúde pública dizem que isso não explica totalmente o aumento de novos casos.

Alguns estados tentaram conter o aumento de infecções, exigindo o uso de máscaras em locais públicos, mas os relatórios sugerem que muitas pessoas ignoraram essas regras neste fim de semana .

Brasil


O Brasil acrescentou 54.771 em um único período de 24 horas, informou a OMS no domingo, pois se tornou o segundo país depois dos EUA a exceder o número de mortos de 50.000.

A taxa de infecção e mortalidade no Brasil não mostra sinais de desaceleração, mas o presidente Jair Bolsonaro continua minimizando os perigos do surto de coronavírus e está resistindo aos apelos para implementar bloqueios.

Leia: ‘Corpos se acumulam’: por que o Brasil está prestes a se tornar o próximo epicentro do coronavírus

No domingo, milhares de pessoas inundaram as ruas de Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro, e a polícia foi chamada para manter os apoiadores de Bolsonaro separados daqueles que protestavam contra o tratamento da pandemia pelo governo.

Índia


Houve mais 15.000 infecções confirmadas na Índia na segunda-feira, e as autoridades do subcontinente agora estão preocupadas com o aumento do número de casos que prejudicam o sistema de saúde.

Em Délhi, o governo está reaproveitando 25 hotéis de luxo para compensar um déficit esperado em leitos hospitalares – e alguns funcionários do hotel estão sendo treinados para cuidar dos doentes.

China


As autoridades de Pequim continuam tentando limitar a propagação de um conjunto de surtos ligados ao enorme mercado de alimentos Xinfadi na cidade.

Depois de quase dois meses sem infecções transmitidas localmente, centenas de pessoas testaram positivo na semana passada, e a cidade

implementou medidas rigorosas de desligamento, cancelando milhares de voos, impedindo que residentes em áreas de alto risco deixassem suas casas e impedindo que alguém deixasse a cidade. a menos que eles possam mostrar um resultado negativo recente do teste.

Coreia do Sul


Semanas após a ligação de um cluster de coronavírus à visita de um homem a várias boates em Seul , as autoridades estão lutando com vários novos clusters.

Quase 200 infecções foram encontradas em funcionários de uma empresa de vendas porta a porta em Seul, enquanto pelo menos 70 outras infecções estão ligadas a um clube de tênis de mesa na capital.

Até agora, o governo parece relutante em reforçar medidas rígidas de bloqueio ou de distanciamento social, com medo de causar mais danos à economia.

Leia: Mais de 100 casos de coronavírus na Coréia do Sul já foram relacionados a boates noturnas de um cara

Alemanha


A Alemanha foi vista como uma das histórias de sucesso da Europa na forma como lidou com a pandemia, mas um enorme conjunto de casos confirmados em um matadouro no noroeste do país ameaçou minar esse status.

Mais de 1.300 funcionários – cerca de 20% da força de trabalho – deram positivo .

A tensão também está crescendo na Alemanha, depois de centenas de moradores de uma torre na cidade alemã de Göttingen.

Depois que dois casos foram confirmados no prédio, os moradores foram instruídos a não deixar seus apartamentos e, no fim de semana, entraram em choque com a polícia.

Enquanto a maioria dos 700 moradores cumpriu as ordens, cerca de 200 tentaram sair, atacando a polícia com fogos de artifício, garrafas e barras de metal, segundo as autoridades.

Austrália


As autoridades do estado de Victoria, no sul do país, apenas estenderam o estado de emergência por quatro semanas, como resultado de um aumento na transmissão do vírus pela comunidade .

Embora os números sejam pequenos em comparação com outras partes do globo, as autoridades de Victoria registraram aumentos de dois dígitos nas infecções nos últimos dias, o que está em desacordo com o resto do país.

Alguns especialistas em saúde agora estão pedindo um bloqueio ainda mais rigoroso nas próximas oito semanas para evitar surtos repetidos de infecções.

Fonte

Uma mulher estava passando por grandes sofrimentos em sua vida. Estava cheia de dívidas, seu marido a abandonou, seus filhos brigaram com ela, e havia o risco de perder a sua casa.

Já não aguentava mais aquela situação, e começou a se questionar o motivo de tamanho sofrimento. Pensou em desistir de tudo e tirar sua própria vida.

A noite, em meio a muitas lágrimas derramadas, orou a Deus pedindo que interrompesse tanto sofrimento, pois ela não queria passar por tudo aquilo. Fez uma prece declarando:

“Deus, por favor, Não consigo aguentar tanto sofrimento, tantas dificuldades em minha vida.

O Senhor é todo poderoso. Suplico que retire este peso dos meus ombros”.

Após a oração, a mulher deitou-se e adormeceu. Começo a sonhar que um anjo vinha em sua presença e lhe dizia as seguintes palavras:

“Sou o anjo que Deus enviou para te acudir nesse momento. Por favor venha comigo”.

No sonho, a mulher foi seguindo o anjo e percebeu que ambos iam regressando ao seu próprio passado. Começou a rever várias fases de sua vida, e finalmente parou numa cena em que ela obrigava seu filho a tomar um remédio. O anjo aproximou-se e disse:

“A resposta as tuas angústias está dentro de ti. Tu mesmo usou este método para ajudar teus filhos”.

A mulher olhou a cena e viu que, num passado não muito distante, quando seus dois filhos ainda eram crianças, ela os obrigou a tomar um remédio bastante amargo.

Um dos seus filhos estava doente, e o médico havia receitado aquele medicamento afirmando que, caso o menino não o tomasse, poderia ficar ainda mais doente.

Mas, ao contrário, se ele tomasse a medicação, iria melhorar em pouco tempo. A mãe então levou o remédio para o filho.

O menino recusou-se a tomar a medicação, dizendo que o gosto era muito amargo, e que ele não queria sentir aquilo.

A mãe então disse que ele deveria tomar de qualquer forma, caso contrário iria castigá-lo severamente.

O filho chorou, esperneou, gritou, fez muitas cenas, mas finalmente tomou o medicamento. Alguns dias depois estava curado de sua enfermidade.

O anjo, que acompanhava tudo, perguntou a mulher:

– Você deixaria de dar este medicamento a seu filho por que ele pediu, alegando que não queria sentir o gosto ruim do remédio?

– De jeito nenhum! Respondeu a mãe. Se o medicamento é necessário, e se vai cura-lo, ele precisa tomar, não importa a sua vontade.

Pois naquele momento ele era uma criança, e não podia entender o que se passava e a importância da medicação.

O anjo respondeu:

– O mesmo ocorre entre você e Deus. Deus é seu pai ou mãe, e a humanidade inteira são Seus filhos.

Os seres humanos são como crianças que não compreendem ainda os benefícios do remédio amargo dos sofrimentos e provações da vida.

Da mesma forma que tu obrigas teu filho a tomar uma medicação que é para o bem dele, Deus também nos coloca em circunstâncias que nos são indesejadas, mas que são imprescindíveis para a cura do nosso espírito.

Também para ti, os sofrimentos são remédios muito amargos, e te revoltas e te recusas a sentir tamanho dissabor.

Procure compreender que, da mesma forma que teu filho precisou do medicamento para se curar, teu espírito precisa atravessar estas tribulações para se purificar.

Autor: Hugo Lapa

Facebook Comments